O tema Wi-Fi tem ligação direta com internet das coisas e mobilidade. Tendo em vista o cenário de transformação digital em que vivemos, cada vez mais as empresas necessitam implementar recursos que visem atender as suas respectivas necessidades tecnológicas.

Nesse aspecto, uma infraestrutura adequada é imprescindível para a continuidade da operação de qualquer empresa, em especial, a rede de dados, que tem um papel essencial no funcionamento respectivo da empresa.

Quando citamos uma rede de dados cabeada os usuários conectam seus próprios dispositivos diretamente na rede e através desta conexão, obtém a conectividade necessária.

Obviamente, a infraestrutura de rede deve estar aderente, com manutenção em dia, bem como os equipamentos que a compõe.

Entretanto, muitas empresas estão passando a adotar o modelo de rede Wi-Fi cada vez mais de forma gradativa, com o intuito de permitir que os usuários não necessitem mais conectar fisicamente enquanto estiverem no escritório.

Com isso, como é possível implementarmos atualmente uma rede Wi-Fi adequada que consiga atender os seus colaboradores?

É sobre este tópico que iremos abordar neste artigo.

MIGRAÇÃO PARA REDE WI-FI

Inicialmente, é importante compreendemos que deve existir um planejamento prévio que direcione qual será a estratégia que a empresa irá adotar nesse tema. De maneira resumida, vejamos:

Migração total 

A empresa terá como objetivo, descontinuar totalmente a utilização de conexão física dos colaboradores à rede local. Os colaboradores passariam a utilizar apenas a rede sem fio. Nessa opção, a empresa deve verificar previamente a quantidade de equipamentos que serão inutilizados.

Migração parcial

A empresa terá como objetivo, descontinuar parcialmente a utilização de conexão física dos colaboradores à rede local. Alguns determinados colaboradores passariam a utilizar apenas a rede sem fio. Nessa opção, a empresa deve identificar previamente a quantidade de equipamentos de rede necessários para atender a operação que utilizará a rede física ainda, bem como identificar os quantitativos de equipamentos necessários para atender tal demanda.

Dado que tenhamos no escopo prévio, é importante que haja no planejamento todas as variáveis necessárias para que o projeto possa ser desenhado e implementado corretamente.

IMPLEMENTAÇÃO ADEQUADA DA REDE WI-FI

Vejamos a seguir, algumas destas, bem como suas respectivas importâncias:

Cobertura necessária de alcance do Wi-Fi

Em projetos de redes Wi-Fi é fundamental que seja definido qual será a cobertura de alcance para atender os usuários. Nesse aspecto é importante identificar qual o padrão será adotado para cada área.

Ainda, vale ressaltar ser muito importante que a sua empresa pense um “site survey” ou seja, antes de pôr uma possível implementação de rede Wi-Fi em prática, fazer uma análise integral no ambiente, com a realização de testes de conectividade, a fins de identificar se o mapeamento realizado está condizente com a realidade e evitar a sobreposição de canais.

Consumo de links de dados

É imprescindível que a sua empresa tenha um total gerenciamento sobre o consumo de tráfego de dados nas suas redes Wi-Fi. Estas informações devem apontar que tipos de aplicações estão sendo utilizados pelos usuários, bem como, os respectivos consumos. Visto que a equipe técnica possua estas informações, poderá identificar se será necessário rever alguma política de acesso.

Outro ponto importante correspondente a este tópico, é que as informações sobre o tráfego da rede dados nas redes Wi-fi, também permite que a equipe técnica possa verificar se as prioridades de tráfego estão sendo aderidas corretamente. Exemplo: É possível identificar se está ocorrendo uma prioridade de tráfego para um determinado departamento que necessita interagir com o cliente, em comparação a uma conexão de rede voltada para uma área de visitantes.

Segurança das conexões Wi-Fi

Sem dúvidas, o tópico de Segurança é primordial quando o assunto é redes de dados, em especial, quando falamos de redes Wi-Fi. Independentemente se os usuários conectam através de rede cabeada ou sem fio, visto que eles conectam na rede privada da empresa, estes só devem ser ingressados, caso possuam a devida autorização para tal.

Neste caso, a empresa também, deve possuir uma estrutura interna que disponibilize os mecanismos de segurança necessários que permita propiciar uma conexão segura para cada colaborador que for ingressar na rede da empresa através de uma conexão Wi-Fi. 

Ainda neste aspecto, é importante que seja mapeado todos os dispositivos que conectarão nos serviços da empresa, a fins de impedir que qualquer outro dispositivo tenha acesso aos sistemas internos da empresa.

Outro ponto, que deve ser observado, são os locais onde os equipamentos de redes Wi-Fi serão instalados. Estes locais, devem possuir uma proteção prévia, permitindo que nenhum usuário consiga ter acesso ao equipamento diretamente. Isto visa preservar não apenas um acesso “não autorizado” na própria organização, como também impedir que um usuário externo tenha fácil acesso ao hardware. 

Capacitação técnica

É fundamental que a equipe técnica de TI esteja atualizada com cursos e treinamentos que visem trazer conhecimentos técnicos sobre a infraestrutura que será implementada. Isto visa garantir um suporte técnico mais rápido para os colaboradores, como também uma gestão técnica mais eficiente, que propicie em uma otimização de todos os recursos contratados.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Além destes pontos que vimos neste artigo, existem diversos outros que devem ser observados em uma análise individual e minuciosa quando é planejado um projeto de redes Wi-fi. Por isso, é necessário um estudo prévio completo, o que permitirá ter uma visão sobre quais são as melhores opções a serem adotadas para o projeto.

Contudo, para que uma infraestrutura de rede possa ser implementada e mantida corretamente, se faz necessário que haja sempre um mapeamento completo sobre todo o tráfego da rede, visando sempre uma melhor otimização dos recursos existentes. 

Não há dúvidas da importância do investimento no gerenciamento da rede. Dessa forma, é perceptível que essas boas práticas trazem não apenas benefícios para a visibilidade da infraestrutura, mas também uma forma de garantir informações cruciais para planejamentos e estratégias cada vez mais assertivas.

Pensando nisso, a Telcomanager, líder da América Latina no setor de software para gerência de redes, desde 2002 no mercado com uma metodologia única e inovadora, disponibiliza soluções inteligentes para o monitoramento de dados de modo a prover visibilidade completa à infraestrutura do cliente, permitindo que sua empresa acompanhe os principais aspectos de sua rede.