A Tecnologia da Informação, sem dúvida alguma, está presente em todas as empresas do mercado atual. Do ambiente mais robusto, com diversos servidores e links de dados dedicados ao ambiente mais simples, com um único switch e um link de dados, a tecnologia da informação coabita. Graças a ela, as empresas estão em um processo progressivo de avanço nas formas de se comunicar, estabelecer negócios, otimizar processos e reduzir custos do que está sendo consumido na rede. Com o intuito de redução de custos, a TI avançou em muitos setores e muitas atividades que demandavam horas, dias e até semanas, foram gradativamente sendo substituídas por aplicações de TI que automatizaram todas estas atividades.

Mudanças de paradigmas no consumo dos dados nos ambientes corporativos

Um exemplo clássico disto ocorreu no setor Administrativo das empresas, com o processo de Contas a Pagar. Antes do avanço das aplicações, esta era é uma tarefa árdua que sempre consumia muito tempo e, dependendo da situação, muitos recursos. Atualmente, é muito difícil encontrar uma empresa no mercado atual que não possua uma aplicação desenvolvida e dedicada para este propósito. Um sistema onde os usuários cadastram apenas as novas contas e o sistema automaticamente traz os relatórios do que deverá ser quitado antecipadamente. Assim, permitindo que haja um melhor planejamento, em um curto prazo de tempo.

A relação do usuário com as aplicações

A visão do usuário final sobre qualquer aplicação de TI é o reflexo do resultado que se apresenta na tela do computador, somente isto! E é este resultado que definirá se o processo ocorrerá de forma eficiente ou não. Em outras palavras, se o usuário clicar em um ícone e, em vez de informar que a transação foi bem-sucedida, aparecer uma mensagem de erro na tela do computador, como esta abaixo, a eficiência de um processo inteiro poderá ser desperdiçado.

Mensagem de erro de servidor não encontrado (404 Not Found)

Mensagem de erro de servidor não encontrado (404 Not Found)

Em outras palavras, a sua empresa depende que o usuário final fique satisfeito com o que ele visualizará. Qualquer tipo de erro poderá atrasar a entrega de um trabalho ou até mesmo prejudicar todo um setor da empresa. Considerando que a empresa necessita de uma tecnologia eficiente, com aplicações funcionando apropriadamente, usuários ágeis e produtivos, é vital que não haja erros tão pouco resultados indesejados. Desta forma, a linha de negócio poderá trazer resultados.

O custo do que é consumido na rede além das aplicações

Porém, quanto mais assertivas e seguras as aplicações tendem a ser na empresa, mas caro se tornam. Você pode estar questionando: Lógico que não! A minha empresa adquiriu o software mais recente da fabricante. Com um suporte incluso 24 x 7. A fabricante também me garante atualizações periódicas na aplicação. Concluindo, não têm como ter um custo adicional após ter adquirido isto… Sinto lhe informar. Mas este é um dos pontos que passam despercebidos na maioria das empresas: o custo que está além das aplicações.

Isto, nenhuma fabricante irá lhe informar, e é assim como funciona. Por mais que a fabricante lhe informe quais são os requisitos iniciais, ela não irá lhe informar que a sua rede de dados necessitará evoluir ou se adaptar no passo que evolui a sua aplicação. Pode ser que você somente descubra isto após implantada a aplicação. Qunado você for notificado por um usuário que, após clicar no ícone, informou para você que apareceu uma imagem de erro. Semelhante a que se encontra na figura acima, por exemplo.

O preparo para um rede capacitada

Infelizmente não adianta, por mais que o software seja seguro, confiável, suportado pela fabricante, entre outros pontos positivos. Se não houver uma forma da aplicação poder se difundir, a mesma não corresponderá as expectativas. Como exemplo, podemos imaginar um carro luxuoso sem ter a estrada necessária para se locomover. Ou com uma estrada cheia de buracos que comprometem o desempenho do carro. É exatamente, como funciona a relação entre aplicação e rede de dados. Não satisfaz possuir uma aplicação com altos recursos tecnológicos e não possuir uma rede de dados necessária para que esta aplicação seja trafegada.

Seguindo esta mesma linha de raciocínio, além do investimento da aplicação, é necessário realizar um investimento na rede onde esta aplicação trafegará. Certo, as aplicações normalmente têm como saber o custo pelo licenciamento de usuários simultâneos, mas e a rede? Como sabemos se é necessário fazer um investimento na rede? Não há links de dados e equipamentos necessários para isto?

Estas perguntas são as iniciais, caso o gestor de TI conduza este assunto para a Diretoria, outras perguntas virão, tais quais: “O que está consumindo a rede hoje na empresa?”, “Não temos como restringir recursos de determinadas aplicações não prioritárias para garantir a banda de rede necessária para esta aplicação?”, “O custo para manter os links de dados está elevado e não está sendo suficiente por qual motivo?”.

Tais perguntas não são simples de responder. Por mais que haja uma equipe de TI capacitada tecnicamente para avaliar o que de fato está sendo utilizado na rede, não é possível mensurar de forma precisa e exata o que está sendo consumido. Assim, além de não trazer um resultado real poderá causar um desperdício de recursos, diminuindo a produtividade.

Quebrando a barreira da visibilidade

As perguntas são totalmente persistentes, e a resposta é simples: nenhuma empresa deseja disponibilizar recursos financeiros sem que realmente seja necessário. É como um extrato bancário, dificilmente alguém concordará em quitar um valor alto de custo no cartão de crédito sem ao menos olhar o extrato do cartão.

Da mesma forma, ocorre discretamente com a rede. As empresas têm este custo diariamente. Porém, poucas vezes se percebe. Continuando esta linha de raciocínio, a conclusão é que há duas opções possíveis. A primeira é manter o que se têm, sem qualquer forma de mensuração precisa do que está sendo consumido na rede e sem ter a ciência de qual é a relação custo/benefício que cada aplicação possui. Com esta opção sempre teremos a famosa “pulga atrás da orelha”. De fato, está sendo gasto mais do que é necessário? A segunda opção é possuir informações precisas e inteligentes sobre o que está sendo consumido na rede. Desta forma, garantindo que não está ocorrendo gastos desnecessários e justificando investimentos.

Os benefícios da segunda opção são incalculáveis quando comparados com a da primeira opção. A segurança da empresa está em possuir uma solução capaz de possibilitar esta gestão. Onde seja possível discriminar o custo de rede que está sendo consumido por aplicação através de relatórios técnicos e objetivos definidos. Assim, acarretará em uma melhor gestão, com mais governança e transparência para todos os setores.

Aplicações comuns consomem muito da rede

Algumas aplicações podem trazer diversos benefícios com baixo custo operacional. Enquanto diversas outras trazem benefícios com altos custos operacionais.
Dentre diversas aplicações utilizadas por usuários em ambiente de trabalho, citamos como exemplo algumas  que consomem dados e banda da rede, geralmente indesejado:

Logotipo do Facebook - representando seu consumo da rede

Facebook:

Bloqueado em muitas empresas devido à política de segurança, o Facebook é um dos aplicativos que consomem consideravelmente os dados da rede de uma empresa. Restringi-lo pode ser uma opção. Entretanto, sem informações sobre a quantidade de dados e acessos simultâneos, pode ser ineficaz. Muitas empresas utilizam o Facebook para o marketing e por isto o seu uso é importante, desde que com responsabilidade.

Logotipo do Whatsapp - representando seu consumo da rede

WhatsApp:

Utilizado com frequência por diversas empresas, inclusive para fins comerciais, o WhatsApp também consome considerável quantidade de dados na rede. Principalmente onde os dispositivos estão conectados por rede WI-FI. Esta ferramenta de comunicação é poderosa e utilizada com frequência por seus usuários. Troca de mensagens de mídia como vídeos, imagens e aúdios são os principais causadores de consumo.

Logotipo do Youtube - representando seu consumo da rede

YouTube:

Rede social voltada para reprodução de vídeos. Tornou-se muito útil e poderosa com a facilidade tecnológica de inserção de conteúdo. O YouTube possui diversos propósitos de uso, mas geralmente não é recomendado para exaustivo uso em ambientes corporativos. Com o aumento da qualidade de vídeos (FullHD, 4K e até 8K), o consumo de dados pode ser avassalador. Igualmente interferindo na fluidez de uma aplicação de importância dentro de uma empresa.

Logotipo do Linkedin - representando seu consumo da rede

LinkedIn:

Rede social voltada para fins profissionais, o LinkedIn ocupou um espaço considerável por seus usuários. Muitos acessam diariamente e atualizam os seus perfis profissionais, compartilham experiências e se auxiliam mutuamente. Em um ambiente de trabalho, não é recomendado utilizar o LinkedIn com frequência. Porém existem propostas de uso desta aplicação que podem trazer benefícios para o profissional em suas atividades dentro da empresa.

Conquistando a perfeita gestão

Com experiência acumulada de trabalho nesta área, a Telcomanager desenvolveu a aplicação chamada TRAFip. Ela proporciona para as empresas uma plataforma de gestão de tráfego de rede que disponibiliza relatórios com exatidão sobre o que está consumindo o tráfego da rede e qual aplicação está consumindo mais. Através destes relatórios é possível visualizar o que pode ser melhorado de imediato, garantindo redução de custos e proporcionando para a empresa, o ponto principal, que é a transparência. Os relatórios poderão ser visualizados a qualquer momento. E as decisões sobre quais atitudes deverão ser tomadas serão baseadas em informações precisas e exatas sobre o que é consumido na rede e quanto de tráfego cada aplicação está consumindo.

A área de TI se beneficiará com uma melhor gestão. Agora mais eficaz, permitirá a criação de novas regras de política de rede na empresa. Otimizará recursos e preservará o investimento que já foi realizado. Além de justificar futuros investimentos. Tendo as informações necessárias à disposição, a sua empresa poderá diminuir custos, garantindo uma gestão eficiente e proporcionando maior controle sobre a sua rede.

Descubra com a Telcomanager como é possível reverter possíveis gastos desnecessários em benefícios e produtividade para sua empresa. Estamos à disposição para lhe ouvir e garantir soluções eficientes que trarão resultados imediatos para sua empresa.