Brasil +55 21 3211 2223 /  Australia +61 2 8211 0697 / info@telcomanager.com

O que é NetFlow?


O que é NetFlow?


"Gerentes de rede e TI na maioria das organizações estão sempre sob pressão para entregar aplicações de missão crítica e conteúdo em toda a organização. A Qualidade de Serviço se tornou crítica e os tipos de serviços oferecidos só aumentaram. Dentro dessas circunstâncias NetFlow se tornou uma ferramenta essencial para garantir o aceite de desempenho de aplicações e governança corporativa."

Gerenciamento de rede com NetFlow - Quebrando paradigmas

Todo administrador de rede necessita compreender o tráfego que passa em sua rede.

Entender como a rede está sendo utilizada é a chave para cumprir as normas de QoS. É essencial saber o que realmente está acontecendo na rede e quem está utilizando o quanto da banda disponível.

Quando o SNMP apareceu em 1988, era a ferramenta de gerenciamento de redes que provia um primeiro nível de visibilidade para os gerentes de rede. Com o passar do tempo o protocolo foi melhorado e suas limitações chave tais quais falta de segurança, por exemplo, foram corrigidas nas versões posteriores. No entanto , comparado às mudanças nas versões do SNMP, houve muito mais mudanças de comportamento e uso da rede nos últimos 20 anos. Uma rede típica hoje suporta mais do que simples pacotes de dados e poucas aplicações. Com o surgimento de aplicações em tempo real como VoIP, video-conferência, streaming multicast e unicast, VPNs, computação em nuvem, e-commerce, spam, trojan e vírus, por exemplo, está cada vez mais claro que uma nova ferramenta para entender o fluxo de dados e gerenciar as redes seria necessária.

Leia mais...

Portuguese, Brazil

Protocolos de exportação de fluxos nas redes IP


Protocolos de exportação de fluxos nas redes IP


"As tecnologias de fluxo permitem uma análise on-line da rede IP, pois, uma vez habilitadas em roteadores, reportam o tempo todo o tráfego que neles circula. Elas são altamente escaláveis, já que os roteadores ou até switches de camada 3 se convertem em probes de tráfego e viabilizam a análise de todo o ambiente LAN e WAN, sem a necessidade de adicionar novos ativos à estrutura da rede."

Ferramentas tradicionais de gerência de redes IP usam o protocolo SNMP para medir diversos parâmetros de desempenho, como contadores de erros em interfaces e volume de tráfego (essencial no gerenciamento dessas redes). Porém, apenas gerenciar a infraestrutura do ponto de vista de desempenho não é suficiente, pois à medida que o volume de tráfego cresce, exponencialmente, os gestores da rede devem conhecer esse tráfego em detalhes, que são essenciais para o entendimento do comportamento de aplicações, usuários, departamentos de empresas e outros indivíduos e estruturas que dependem dessas redes.

Houve uma tentativa de fornecer um maior detalhamento sobre o tráfego de redes IP com o uso do protocolo SNMP por meio da criação da MIB RMON - remote monitoring. Porém, ela foi frustada, pois não oferecia informações suficientes sobre o tráfego IP e exigia uma enorme sofisticação das aplicações de gerência para que fossem capazes de coletar os dados disponibilizados na MIB RMON.

Logo, viu-se que o protocolo SNMP não seria capaz de prover o detalhamento necessário e que abordagens diferentes deveriam ser adotadas. Os protocolos de exportação de fluxos se mostraram uma maneira mais escalável para informações essenciais sobre o tráfego da rede.

Leia mais...

Portuguese, Brazil

Pages